Seu Clone Artificial: a máquina que pensa como você, que talvez já exista em algum lugar

A evolução da inteligência artificial na coleta e análise dos clientes abre cada vez mais as portas para a criação de modelos precisos dos consumidores, que irei definir nesse livro de Clones Artificiais, para serem simulados e estudados pelos mais avançados e complexos Sistemas de Informação de Marketing ou SIM.
A abordagem básica para isso é que qualquer sistema atual de informações de marketing nada mais é que um modelo que pode ser automatizado e, com inteligência artificial, se autoajustar e decidir de forma autônoma, como um processo totalmente independente, com consciência própria de seu ambiente de atuação.
E os players com maior capacidade e velocidade de construir modelos de SIM diferenciados quanto à coleta, análise e produção de inteligência, real e artificial, a partir do Market Big Data, como definirei essa nuvem de dados, com robôs dedicados para a modelagem de Clones Artificiais, apresentarão maior vantagem competitiva em toda sua cadeia de sistemas de marketing. Mas para isso, é importante estar atento também à complexidade do fato de que a inteligência produzida pelos robôs deve ser compartilhada de forma cada vez mais eficiente, para que exista de fato a produção de inteligência real das equipes de marketing nas empresas sobre as oportunidades e ameaças processadas e percebidas pelos robôs.
Dessa forma, apresento uma arquitetura de sistema de sistemas complexos dos robôs, que é a interface e integração com os mais variados sistemas de mercado, consumidos pelos clientes, e, portanto, em comunicação constante com eles, onde os dados se encontram de forma estruturada e quantitativa, na interface com os consumidores, e onde também é possível encontrar dados e informações de todos os tipos, inclusive texto e voz, caracterizados por atributos mais qualitativos e não estruturados. Nessa arquitetura, cabe à evolução das máquinas e ciências cognitivas a responsabilidade de tornar os modelos de SIM atuais em peças ou blocos a serem gerenciados e montados por robôs.
Nesse sentido, a tecnologia em si não é considerada como o diferencial, mas sim a capacidade das equipes de marketing construírem os modelos de SIM mais competitivos e integrarem suas estratégias de forma cada vez mais eficaz.

Veja mais em: https://www.amazon.com.br/dp/B06XG2ZGF7/ref=sr_1_1?s=digital-text&ie=UTF8&qid=1488891857&sr=1-1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s